Siga o Blog Aqui

sábado, 26 de agosto de 2017

Touca Crochê Gatinha

Touca Crochê Gatinha com Tassel 


Hoje vim mostrar pra vocês essa touca mais fofaaa que entreguei essa semana *-*
Fiquei super apaixonada por ela ❤


Tinha a foto da peça original guardada há um bom tempo nos meus arquivos, e enfim para minha alegria uma cliente linda fez o pedido dela \0/

Ela foi feita para uma pequenina de dois meses, aqui onde moro está super quente e por esse motivo foi tecida em linha por ser 100% algodão pois é mais leve.
Nada impede de ser feita em lã, tenho certeza que fica tão bonita quanto ;)

Essa receita não é criação minha. Quer ver a recita original clique Aqui.
Como foi a primeira fiz esse modelo deixei o mais próximo possível da original, assim consigo ter ideias para modificar as próximas peças e com isso ter uma touca mais personalizada e que tenha mais a carinha do meu ateliê =D

                                         
                                               Abraços,

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Sandália Rasteirinha de Crochê para bebê

Que tal uma sapatinho no modelo sandália rasteirinha de crochê para bebê?


Feita inteira em linha 100% algodão assim deixando cada peça maleável e super confortável, sem agredir a pele delicada do seu bebê desde os primeiro dias de vida. 

Por ser confeccionada em linha a sandália rasteirinha de crochê para bebê se encaixa perfeitamente ao pezinho, cedendo aos poucos de acordo com o crescimento =D 


As peças que saem do ateliê são peças personalizadas, o cliente escolhe a cor, tamanho, cor dos detalhes...
Cada peça que entrego é única e especial!

Clique Aqui e compre já! ;)

Me conta aqui nos comentários se você gostou desse modelo, estou sempre aberta a sugestões!

                                                   Abraços,

domingo, 20 de agosto de 2017

Lilica Baby Crochê - by Paula Lilian

Lilica Baby Crochê - by Paula Lilian, um novo nome a mesma qualidade!! 



Lilica Baby Crochê - by Paula Lilian surgiu de um desconforto que venho sentindo há algum tempo com o nome da minha marca.

Há uma ano estou em plena transformação, estou em um período de alto conhecimento um pouco mais profundo.
Fiz alguns cursos que vieram até mim como um presente de Deus, para me mostrar que eu estava muito vidrada em somente um ponto da minha vida deixando de lado todos os outros aspectos que me faziam ser eu. (mas isso já é tema para um próximo post ;) )

O nome Lilica veio de um apelido que minha irmã mais velha me chamava (e chama até hoje) quando eu era criança, e lembrar de fases da minha infância me faz me conectar novamente com meu eu interno e com minha missão nesse mundão, não há hora melhor para mudar o nome da minha marca do que agora!

Estou em uma fase mais voltada para falar sobre maternidade e minhas experiências de mãe solo em minhas redes sociais e me aventurando na moda com algumas peças roupas, mais nada que mude o foco das peças voltadas para bebê (que é de onde tiro minha renda para sustentar meus filhos).

-->> Me procure em todas as minhas redes sociais como by Paula Lilian

Esse post é só para esclarecer a mudança da minha logo =D

Me deixe uma mensagem aqui embaixo dizendo o que mais quer ver por aqui ;)

                                             

                                                 Abraços,


segunda-feira, 1 de maio de 2017

Sobre ser Mãe em tempo Integral



Você precisa ler este texto (perfeito) sobre Ser mãe em tempo integral. 

"No meio de uma pilha de pratos pra lavar, almoço por fazer, roupas pra lavar e passar, casa para varrer, a bebê chora e a filha mais velha grita querendo atenção. Tem dias que a cabeça falha, o corpo implora por cinco minutinhos a mais de sono e mesmo assim ainda há quem diga que sou apenas uma mulher que vive as custas do trabalho do meu marido. . 

Dia desses nas redes sociais, vi uma MÃE dizer que não consegue entender como alguém deixa de trabalhar para cuidar dos filhos. .
Sair para trabalhar não é tão fácil assim, eu já estive nesse lugar. Não deixei de ser mãe por causa disso, muito pelo contrário: sofria naqueles dias em que o trabalho não tinha hora para acabar. .

Hoje, vivo a maternidade em tempo integral e sinto na pele a falta de respeito por tão nobre escolha. Eu resolvi me despir de mim mesma e investir em afeto, em amor, em atenção, priorizar a infância das minha filhas e as suas necessidades tão primárias e fundamentais. Essa não foi, e nem de longe é uma decisão fácil. Deixei o meu ‘eu profissional’ de lado e me tornei “apenas” mãe. Mãe criativa, mãe altiva, mãe produtiva, mas apenas mãe. 

Vivo dias de cansaço extremo, dias de felicidade, dias de medo do futuro, dias de aperto financeiro, dias em que não posso tudo o que quero. Tenho companhia no banheiro, almoço em pé na hora que dá, varro a casa, lavo a roupa, passo a roupa, faço comida, dou banho, dou comida, dou amor, dou colo, dou afeto. Brinco, ensino, reclamo. EDUCO. Sou a primeira a ver todas as conquistas e fotografo para contar para a família. Me reinvento todos os dias.

E nesse longo caminho, quantas vezes me disseram que eu não tinha sequer motivos para ficar cansada? Que eu não tinha preocupações financeiras? Que eu devia saber de “có e salteado” as series e novelas?
Não é fácil lidar com as escolhas alheias. Eu sei! Mas troco pitacos por ajuda nas roupas. Ou... se não tiver nada de bom pra falar: pode calar. A minha escolha, você não vai mudar. 
Eu respeito você, você me respeita, e assim o mundo segue girando em paz."


Texto: Ananda Urias
Instagram -> @maezice 


Escuto muito esse tipo de cometário pela minha escolha de ser mãe em tempo integral.
Alguma mãezinha também passando por isso??

Vou amar saber o que vocês acham sobre esse assunto, me conta aqui nos comentários ;)


Abraço carinhoso,

sexta-feira, 10 de março de 2017

Massinha de modelar caseira - Dica prática e simples de como fazer

 Como fazer sua massinha de modelar caseira :D

                                        

Crianças em casa fim de semana ou feriado prolongado não é nada fácil, elas são super energéticas nos consomem o dia inteiro não é verdade?!

Com Sarah aqui em casa não é diferente. Com 4 aninhos ela é bem agitada e pede muita, muita atenção, quem conhece pessoalmente sabe como é (rsrsrs) Quando estou fazendo algo que requer um pouco mais de atenção é bem complicado deixar ela sem atividade de distração.

Como sabem sou artesã e trabalho em casa. Nos finais de semana fica bem difícil quando tenho encomendas agendadas para produção.

Pensando nisso, resolvi fazer algo com ela para poder distraí-la um pouco enquanto estou em horarrio de trabalho, finalizando alguma encomenda.

Ela amaa massinha de modelar, então resolvi fazer caseira.
Tivemos um momento muito divertido juntas e ela ficou extremamente feliz.
E essa é a melhor parte <3 Amo ver esse brilho nos olhos.

Peguei a receita original no site da OMO 
  • 1 Xícara de sal;
  • 4 Xícaras de farinha de trigo;
  • 1 Xícara e meia de água;
  • 3 Colheres de sopa de óleo;
  • Corante alimentício.


Como não tinha corante alimentício em casa mudei esse ingrediente da receita original.
E deu super certo!!

O que vamos precisa:

Um recipiente de tamanho razoável para colocar os secos;
Um recipiente para colocar os líquidos; 
E um recipiente para cada cor que for fazer.

Ingredientes: 
  • 1 Xícara de sal;
  • 4 Xícaras de farinha de trigo;
  • 1 Xícara e meia de água;
  • 3 Colheres de sopa de óleo;
  • 4 Pacotes de suco em pó de sabores variados.

Com essa quantidade fiz 4 porções de massinha em 4 cores diferente.
--> Forrei a mesa com um papel filme, pois faz uma bagunça básica. Sugiro que faça o mesmo ;)

Modo de preparo:
  1. Misture a farinha de trigo e o sal em um recipiente; 
  2. Em outro recipiente misture o óleo e a água;
  3. Distribua a mistura dos líquidos em partes iguais nos recipientes de acordo com a quantidade de cores/saborres desejada;
  4. Coloque o suco em pó no recipiente de água e óleo, misture bem;
  5. Vá colocando a farinha aos poucos até ficar em uma consistência que dê para amassar com as mãos.
  6. Mão na massa.


Depois é só ir acrescentando aos poucos a misturinha de farinha e sal e sovar até ficar no ponto certo da massinha :D
-->> Muita atenção nessa hora, se colocar muita farinha a massinha vai ficar quebradiça e vai durar bem menos.



Ela amou nossa atividade juntas.
Brincamos metade do dia com a massinha e ela ficou super distraída brincando com a imaginação enquanto eu trabalhava.

Ela durou 1 semana enrolada em papel filme (tirando todo o ar) e guardada na geladeira toda vez que terminava a brincadeira.

Super recomendo essa atividade com as crianças, distraí no momento em que você esta ocupada e não pode estar com ela, é um super momento de interação entre mãe e filhos e ainda mexe de uma forma impressionante com a imaginação das crianças.

Espero que tenham gostado!
Quando fizerem a massinha em casa, me conta aqui nos comentários o que achou. Vou amar saber.


Abraço carinhoso,

quinta-feira, 9 de março de 2017

Tênis Nike em crochê para Bebê

Tênis Nike em crochê para bebê *-*

Demorei um certo tempo para fazer esse modelo, mas depois que fiz foi amor a primeira tecida (rsrs)

Fiz com a ajuda da queria Luciane do canal Luart Sapatinhos que fez um vídeo super bem explicado.

Aquele tênis lindo, daquela marca tão desejada nem sempre tem para vender o tamanho para recém nascido, ou se tem não é muito confortável para um bebê tão pequeno de pele tão delicada, não é verdade?!!

Pensando nisso decidi produzir esses sapatinhos tão procurados pelas clientes :D

E para começar essa jornada de produtos novos na loja, escolhi esse encanto de tênis que me apaixonei depois de pronto.

Tênis Nike em crochê para bebê produzido em linha anne que é 100% algodão e não agride a pele delicada do bebê, é maleável e confortável.

A pedido do cliente fiz na cor azul com detalhes rosa, que ficou um charme!



Esse tênis lindo está a venda na minha loja By Paula Lilian no Elo7.

Pode ser 100% personalizado, ou seja, você pode escolher a cor que mais desejar e deixar o tênis a cara do seu bebê e/ou combinando com aquela roupa que ele(a) vai usar :D

Espero que tenha gostado dessa novidade da nossa loja online <3
Venha conferir nossos produtos e ofertas, clique AQUI e conheça todos os produtos ;)

Me diz aqui nos comentários o que achou desse lançamento, ficarei feliz em saber!


Abraço carinhos,

domingo, 5 de março de 2017

Após a Maternidade

Tudo mudou Após a Maternidade...



Sou artesã e trabalho com crochê para bebê há 4 anos.
Tenho dois filhos Sarah, minha mais velha, e Kauê meu casula.
Apaixonada pelas artes manuais e pelo universo materno.

Quando Sarah nasceu eu não fazia ideia de como seria a maternidade em minha vida.
Ainda gravida fiz muitas pesquisas sobre partos de todos os tipos, para ter certeza de qual sera o ideal para mim e de como seria a recuperação no pós parto. Mas nenhuma pesquisa foi feita sobre os primeiros dias de vida e a intensidade que seria ter um bebê na família.

Foi tudo muito intenso e dolorido, após o nascimento dela, eram cólicas intermináveis, muitas, muitas noites de sono perdidas, estava longe da minha família, e muitas incertezas surgiram sobre tudo na minha vida.

Após todas a parte de cólicas e adaptação eu já não tinha mais certeza de voltar ao mercado de trabalho. Não queria de forma nenhuma perder os momentos mais importantes da vida dela, como as primeiras palavras e os primeiros passinhos.

Foi então que decidi não mais voltar a trabalhar fora de casa, e com essa decisão vieram muitos dedos apontados e julgamentos (que até hoje me perseguem), mas que hoje não fazem a menor diferença em minha vida.

Passaram-se 3 anos e decidimos ter outros filho. E tudo foi muito mais tranquilo (em relação aos primeiros dias dele) cólicas e noites de sono perdidas já não me tiravam mais o chão pois já tinha uma noção de como tudo seria e isso me deixou com uma segurança inabalável em relação a meus filhos e de como seria a criação deles.
Quando Kauê fez 6 meses senti um enorme necessidade de me olhar, de me ver como mulher além mãe e de artesã, depois de tantos altos e baixos eu não me encontrava mais.

Nesse momento parei para refletir sobre quem eu era antes de ser mãe e quem me tornei agora...
Não conseguia me achar, não me lembrava quem eu era e isso me frustrava demais.
Depois de alguma tempo descobri que isso não era um problema, que era na verdade minha "liberdade" e que a partir de agora posso ser quem eu quiser, sem rótulos do passado e sem me preocupar com o que vão falar.

A maternidade mexe tanto comigo a ponto de eu não me enxergar mais saindo de casa para exercer alguma profissão lá fora. Amo ser mãe em tempo integral, estar com eles e ver cada evolução diária, cada aprendizado novo, isso tudo realmente não tem preço.

-> Após a Maternidade tudo mudou e assim tudo começou a fazer sentido!

É nesse momento que o crochê ganha muito mais força em minha vida, continuarei trabalhando e me aprimorando enquanto isso tudo fizer sentido para minha vida!
É o crochê que me permite estar ao lado dos meus filhos integralmente e ainda ter uma renda para cria-los.

E de onde tirei essa segurança toda...
Autoconhecimento. 
Me reencontrar comigo mesma e me conhecer profundamente está sendo a chave que tem me colocado em movimento e tirando toda culpa materna das minhas costas!

Hoje quero convidar vocês para um workshop que tem tudo a ver com esse assunto.
Renascendo após a maternidade idealizado pelo Bianca Amorim, minha conterrânea.
Ela é psicóloga e coach de mães e está com esse projeto com conteúdo super bacana.

Se você está ai pensando como reencontrar seu "eu" depois da maternidade, se deseja saber a chave para equilibrar maternidade e vida social, com serenidade e sabedoria, se sente saudades da vida que levava antes dos filhos, mas sente-se culpada só de pensar nisso.
VOCÊ PRECISA ASSISTIR!!!

Clique Aqui para assistir o workshop sobre culpa materna.

Eu já assisti e super recomendo!
Espero vocês lá.

Me diz aqui nos comentários como foi ou está sendo esse jornada materna pra você ;)

Abraço carinhoso,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...